Era um redondo vocábulo

Gestos by Pedro Strukelj © SoloLetrasDeCanciones.com
Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Era um redondo vocábulo
uma soma agreste
revelavam-se ondas
en maninhos dedos
polpas seus cabelos
resíduos de lar
pelos degraus de Laura
a tinta caía
no móvel vazio
convocando farpas
chamando o telefone
matando baratas
a fúria crescia
clamando vingança
nos degraus de Laura
no quarto das danças
na rua os meninos
brincavam e Laura
na sala de espera
inda o ar educa

Gestos by Pedro Strukelj © SoloLetrasDeCanciones.com